Arquivos

Biossegurança, Desinfecção de Água e Efluentes

PROJETOS E SOLUÇÕES INTEGRADAS DE BIOSSEGURANÇA

Somos distribuidores autorizados Geradores de Ozônio – OZONIC na região sul do país. Usamos tecnologia integrada de equipamentos de última geração e Serviços de Desinfecção de Ambiente por Ozônio e Luz Ultravioleta (UV-C), desenvolvida com rigorosos padrões por especialistas bem como cabines de desinfecção, as quais minimizam significativamente o risco de contágio por doenças respiratórias transmitidas pelo ar, combatendo Bactérias Fungos, Odores e Vírus prevenindo também o contágio do coronavírus (causador da COVID-19).

GERADORES DE OZÔNIO   

  • Melhores componentes do mercado em seus equipamentos;
  • Tecnologia 100% própria;
  • Melhores soluções para desinfecção do ar e  água,
  • Tecnologia de ponta;
  • Aplicação setor residencial, industrial, agronegócio, medicina
  • Ozonioterapia integrativa;
  • 2 (dois) anos de garantia e assistência técnica permanente.
CABINES DE DESINFECÇÃO POR OZÔNIO

  • Desenvolvida pensando na segurança e bem-estar das pessoas;
  • Higienização Preventiva atua eliminando vírus, bactérias e fungos;
  • Preventivo ao coronavirus;
  • Regulamento RDC 356/2020 da ANVISA;
  • Requisitos das normas NR10 e NR12.

 

HIGIENIZAÇÃO DE AMBIENTES POR OZÔNIO E UV-C

  • Esterilização de ambientes contaminados por bactérias, fungos, vírus e descontaminação de micro-organismos em objetos e ambientes,
  • Ozônio elimina mau odores e traz diversos benefícios à saúde.

 

SOBRE O OZÔNIO E O UV-C

O OZÔNIO é considerado um exterminador de vírus na natureza. Tem sido amplamente utilizado para desinfecção, esterilização, desodorização, desintoxicação,  graças à sua forte oxidabilidade. Além do gás ozônio utilizamos também a tecnologia dos raios ULTRAVIOLETA (UV-C), os quais possuem comprovada eficácia no combate contra vírus e interfere no metabolismo de bactérias, através da inibição e bloqueio da operação do sistema de controle enzimático levando à destruição do seu núcleo.

APLICAÇÕES: 

Amplo uso: Supermercados, Aeroportos, Aeronaves, Embarcações, Clinicas de saúde, Ambulâncias, Hotéis, Restaurantes, Empreendimentos Comercias, Refeitórios, Cozinhas Industriais, Construção Civil, Carros, Ônibus e qualquer outro ambiente que tenha sido exposto a possível contaminação.

VANTAGENS

  • Não deixa resíduos
  • Não agride o meio ambiente
  • Ecologicamente correto
  • Tecnologia 100% comprovada

Industria 4.0

A Indústria 4.0 ou Quarta Revolução é uma expressão que engloba tecnologias de automação, inteligência nos processos e também troca de dados. Esta visão, juntamente com o conceito de “Fábricas Inteligentes”, pode ser aplicada em diferentes modelos de negócios, dentre eles a construção civil, hotéis, hospitais entre outros. Os sistemas se comunicam e cooperam entre si em tempo real por meio da computação em nuvem. Cloud based Manufacturing and Internet of Things (Fabricação baseada em nuvem e Internet das Coisas) caracterizam esse conceito e apontam para a criação de redes inteligentes que poderão ser controladas de maneira autônoma ao longo de toda a cadeia de valor. Diante dessa nova forma de pensar, os processos e o funcionamento passam a ser totalmente integrados definindo os fatores de competitividade e a interação com o futuro.

GESTÃO DE PROCESSOS 4.0

Dentro do contexto de redução de custos, os problemas mais complexos exigem soluções de inovação tecnológica e de engenharia especializada. O desenvolvimento de projetos específicos de melhoria de equipamentos, processos e aplicação de técnicas de Pesquisa Operacional resolvem gargalos crônicos de produção, que há muito tempo limitam a eficiência dos processos. Destina-se a Organizações que entendem a importância da aplicação do conhecimento e da tecnologia como fator decisivo para aumento de eficiência. – OBJETIVOS: Melhorar um processo fabril ou administrativo com foco no aumento da eficiência e diminuição de perdas de qualquer tipo, seja perda de tempo, material, energia, etc.

– Forma de aplicação:

Uma equipe de profissionais especializados realiza o estudo dos problemas específicos, mapeamento dos processos, atividades e aplica ferramentas técnicas e de análise de dados. O produto final deste processo é um equipamento novo, melhoria de um equipamento existente ou um software dedicado à otimização do processo.

– Ferramentas utilizadas:

      • Mapeamento de Processos e Oportunidades de Redução de Consumo de Recursos;
      • Análise de Viabilidade Econômica de Melhorias;
      • Sistema de Aquisição de Dados Computadorizado;
      • Pesquisa de Fornecedores e Projetos de Equipamentos Específicos;
      • Modelagem de Processos;

GESTÃO DA MANUTENÇÃO 4.0

Planejar, gerenciar e organizar o departamento de manutenção requer sistemas modernos, confiáveis, profissionais capacitados e modelagens de referência. Isto é fundamental para a empresa competir no mercado globalizado. A diversidade de atividades realizadas no departamento de manutenção quer seja na área gerencial e de planejamento, ou na área técnica de execução de serviços, exige uma sistematização que atenda às necessidades de cada empresa, proporcionando recursos suficientes para implantar na prática soluções modernas e efetivas.

Gestão Tecnológica e de Integração da Manutenção

NR 13 – NORMA REGULAMENTADORA 13 – VASOS DE PRESSÃO

Executamos a inspeção de segurança, adequação e avaliação de integridade para determinação de vida remanescente, em Caldeiras, Vasos de Pressão e Tubulações em atendimento a Norma Regulamentadora do Ministério do Trabalho NR-13. – Emissão de laudos, ART’s e relatório de inspeção e exame de documentação.

PMOC: PLANO DE MANUTENÇÃO, OPERAÇÃO E CONTROLE DA MANUTENÇÃO

Cada vez mais, empresas estão procurando saber o que é PMOC e essa preocupação não é em vão, pois a falta do PMOC, bem como a não limpeza dos Condicionadores de Ar, Dutos, quando existirem, podem levar às empresas a terem prejuízos, multas, licenças médicas e processos na justiça pelas pessoas que foram contaminadas pela má qualidade do ar.

O que é o PMOC?
Plano de Manutenção Operação e Controle, exigido na portaria 3.523/ Ministério da Saúde / Vigilância Sanitária. PMOC é Lei. – Exigência a partir da capacidade mínima instalada no empreendimento de 60.000 btu (5 TR).

Laudos Periciais e Assistência

É um laudo técnico expedido para auxiliar a área jurídica durante processos que exigem conhecimento técnico fora deste âmbito como assistentes técnicos das partes e ajudarão a elucidar os fatos. Após avaliada toda a situação, o juiz de direito poderá aferir as responsabilidades. Existem ainda muitos outros tipos de laudos técnicos.

Identificou a necessidade de algum laudo técnico específico? Entre em contato.

Projetos

PLANOS DE DESENVOLVIMENTO EMPRESARIAL
Dimensionamento das necessidades de acordo com as expectativas de crescimento dos negócios, em todas as suas fases. Mapeamento das capacidades dos processos industriais (produção, utilidades e interfaces), considerando gargalos e características de inovação de produtos e processos. Layout de implantação geral de prédios e áreas de apoio, permitindo uma visão global visando futuras ampliações, fluxo de produção, veículos e pessoas.

PROJETOS DE UTILIDADES
Vapor e condensado, Ar comprimido, Ar condicionado, Gás natural / GLP e Gases especiais, Produtos químicos, Águas industriais (Água tratada, Incêndio e Efluentes), Sistema de resfriamento, Sistema de água quente, Sistema de água gelada, Detalhamento de suportes e Pipe-racks / Hidrossanitário.

PROJETO MECÂNICO E ESTRUTURAL METÁLICO
O projeto Mecânico e Análise Estrutural (CAE – Computer Aided Engineering) pelo Método de Elementos Finitos, atualmente sendo muito utilizado por conta da facilidade e das novas tecnologias que facilitaram seus processos. Análise por Elementos Finitos realiza cálculos com base em equações matemáticas, calculando os pontos de estresse, cargas e outras características físicas fundamentais. O campo de Análise por este método tem grande importância em ferramenta de design, melhorando radicalmente os projetos de engenharia, com suas inúmeras aplicações

    • Redução do tempo de desenvolvimento de produtos e processos;
    • Identificação de falhas estruturais;
    • Redução de retrabalho em projetos e produtos acabados;
    • Elaboração de projetos com soluções eficazes em projetos com soluções integradas;
    • Redução de massa de máquinas e equipamentos.

Treinamentos

CURSO DE GESTÃO DA MANUTENÇÃO – INDUSTRIAL E HOTELARIA

OBJETIVOS

O CURSO DE GESTÃO DA MANUTENÇÃO – INDUSTRIAL E HOTELARIA, tem como objetivo otimizar a manutenção, atender as normas da vigilância sanitária e controle de normas além de reduzir desperdícios, perdas e prejuízos financeiros.

PÚBLICO ALVO

Este curso é destinado Gerentes, Profissionais que estejam envolvidos direta ou indiretamente com a gestão de Manutenção e Melhorias de Processos e as possibilidades de aplicação de Aplicação de TPM -Total Productive Maintenance.
Idade mínima 16 anos- Conhecimentos equivalentes ao Ensino Fundamental completo.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO / Portaria nº 3.523/GM, de 28 de agosto de 1998
1 – A Manutenção Como Função Estratégica.
1.1 – Estrutura e Política da Manutenção.
1.2 – Engenharia de Manutenção e Operação de Manutenção.
1.3 – Qualidade e Produtividade na Manutenção.
1.4 – Manutenção Planejada, Preventiva e Preditiva.
1.5 – Manutenção Centrada em Confiabilidade – MCC.
1.6 – Gestão da Manutenção Classe Mundial.
2 – Gestão de Ativos e a Função Manutenção.
2.1 – O que a Gestão de Ativos e qual sua importância?
2.2 – Gestão de Ativos e a função Manutenção.
2.3 – NR 13 – Vasos de Pressão;
2.4 – NBR 16401-3 – Instalações de Ar Condicionado – Sistemas Centrais e Unitários;- PMOC – 2.5 – Implementação da Gestão de Ativos.
3 – Planejamento e Organização da Manutenção.
3.1 – Planejamento de Recursos – Financeiros, Mão de Obra, Materiais, Terceiros.
3.2 – Dimensionamento das equipes.
3.3 – Discriminação e sequenciamento das atividades.
3.4 – Gerenciamento de Risco.
3.5 – Gerenciamento de Custos da Manutenção.
3.6 – Gerenciamento da Rotina do Trabalho da Manutenção.
3.7 – Sistemas de Controles da Manutenção.
4 – Integração Engenharia de Manutenção.
4.1. Manutenção no contexto das modernas filosofias de Gestão Industrial.
4.2. OEE como Indicador Integrador das Áreas.
4.3. TPM – Aplicação TPM – Total Productive Maintenance
4.4. Melhoria Contínua (Kaizen ) e a atuação integrada entre as áreas.

CARGA HORÁRIA 20(vinte) horas – on line

CURSO DE DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS E SERVIÇOS- MODELO – PDPS

OBJETIVOS

O CURSO DE DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS E SERVIÇOS – Visa Otimizar o Desenvolvimento de novos Produtos e Serviços sabendo o “como” proceder saindo de uma situação inicial para uma situação almejada no desenvolvimento de novos Produtos e Serviços.

PÚBLICO ALVO

Gerentes, Profissionais que estejam envolvidos direta ou indiretamente com a gestão de Desenvolvimento de Produtos e Serviços

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO /

Definição de desenvolvimento de produtos
• Produto e Serviço / Clientes, stakeholders e ciclo de vida / Valor e Cadeia de Valor
• O que é desenvolvimento de produtos?
Características do processo e gestão
• Processo, operação ou projeto /Relação com desenvolvimento de tecnologia e outras características /Tipos de desenvolvimento e suas implicações
• O que é gestão de processo?
• Modelo de referência para a gestão do processo PDPS
Estratégias, ideias, conceitos, visão e propostas
• Planejamento da inovação: identificar oportunidades / Planejamento da inovação: gerar conceitos / Planejamento da inovação: definir propostas de projetos de desenvolvimento / Planejamento de portfólio de projetos
Planejamento do projeto e requisitos
• Planejamento do projeto / Planejamento com base em modelo de referência/Requisitos dos clientes / Requisitos dos produtos e serviços / Gestão de requisitos
Projeto Conceitual
• Obtenção de soluções / Arquitetura do produto e modularização / Plataforma e padronização/ Estratégias conforme o tipo de item e nível de estruturação do processo
Projeto detalhado
• Comparação entre o projeto conceitual x detalhado e os ciclos do projeto detalhado
• Ciclos de detalhamento, de processo, de aquisição e engenharia simultânea / valiação e validação do produto, integração e gestão da configuração / Estrutura do produto, atividades adicionais e serviços integrados
Produção de Produtos e Serviços
• Preparação da produção / Lançamento do produto, serviço e fase inicial de comercialização / Atividades genéricas / Pós-desenvolvimento
Disciplinas / áreas de conhecimentos
• Visão DfX / Gestão da configuração, manutenabilidade, confiabilidade, testes e análise de falhas / Gestão de parcerias. Pessoas, organização e gestão do conhecimento / Uso da tecnologia de informação e comunicação / 2 CAD / CAE / CAM e manufatura virtual

CARGA HORÁRIA 20(vinte) horas – on-line

 

NORMA REGULAMENTADORA NR-13 CALDEIRA E VASOS DE PRESSÃO

OBJETIVOS
O Treinamento NR-13  visa capacitar operadores da caldeiras e vasos de pressão atendendo a Norma Regulamentadora,aumentando  a segurança de operação e por consequência reduzindo  prejuízos financeiros.  

PÚBLICO ALVO
Profissionais que estejam envolvidos direta ou indiretamente com a gestão de operação, materiais, manutenção e segurança de caldeiras e vasos de pressão.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
Noções de grandezas físicas e unidades;
Equipamentos de processo;
Eletricidade;
Instrumentação;
Operação da unidade;
Primeiros socorros;
Legislação e normalização.

CARGA HORÁRIA   

40 ( quarenta) horas

Abrir WhatsApp
Vamos conversar? Juro que não sou robô!
Olá 👋
Posso te ajudar? Juro que não sou um robô!